Total de visualizações de página

segunda-feira, 18 de maio de 2015

Insônia, o mal do cotidiano: saiba como tratar a insônia por meio da Hipnose clínica condicionativa.

Luiz Carlos Crozera - Hipnólogo
 

São grandes os impactos negativos das noites mal (ou não) dormidas na saúde e no desempenho das atividades diárias. Saiba como tratar a insônia de maneira definitiva.

como tratar a insônia

Cerca de 30% da população sofre do distúrbio do sono. As mulheres são a maioria desse grupo. A insônia, conforme a duração, pode ser classificada como aguda ou crônica, mas ambas afetam o rendimento profissional e a qualidade de vida. Daí a necessidade se buscar mais possibilidades e informações sobre como tratar a insônia de maneira mais eficaz.

Para qualquer ser humano conseguir dormir é necessário neutralizar os níveis de ansiedade, que normalmente é feito automaticamente pela memória, quando não se consegue neutralizar a ansiedade durante a noite de sono, temos a insônia.

A insônia aguda tem a duração média de uma semana, é passageira, motivada por problemas isolados como o estresse, sentimento de perdas e fracassos, morte de alguém próximo, preocupações, entre outras. Enquanto que a insônia crônica tem duração de meses, onde as principais causas são: depressão, problemas físicos, psiquiátricos, psicossomáticos, dependência de calmantes e antidepressivos.

Como tratar a insônia ? A insônia também pode ser classificada com relação às condições do sono:

 

Insônia inicial: quando a pessoa demora mais que 30 minutos para dormir; 

Insônia intermediária: aquela que a pessoa acorda várias vezes durante a noite;


Insônia terminal: quando a pessoa normalmente acorda bem mais cedo que de costume.



como tratar a insônia As conseqüências de sucessivas noites mal dormidas são: fadiga, transtornos de humor, baixa de atenção, concentração e memória, irritabilidade, sonolência excessiva diurna, acidentes de trabalho ou trânsito, cefaléias, tensão, sintomas gastrintestinais, entre outros.

O sono fisiológico é necessário e importante para a saúde física e mental. Além de descansar todo organismo, no sono são processadas todas as informações captadas pelos órgãos dos sentidos durante o dia, tudo é arquivado na memória. O processo da organização desses registros mentais desencadeia os sonhos e pesadelos. É importante salientar que aproximadamente 20% de tudo que nossos órgãos dos sentidos captam (visão, audição, paladar, tato e olfato), durante o estado de vigília, são arquivados no nível consciente e 80% entram na mente de forma subliminar, imperceptíveis do nível consciente.

 

Quer saber mais? Leia toda a matéria em: 

Encontre um hipnólogo próximo de você e tire suas dúvidas!



 
 

Hipnoterapia - Terapia Natural