Total de visualizações de página

segunda-feira, 20 de abril de 2015

Motivação na Aprendizagem

Autor: Cássia Ravena Mulin de Assis Medel
 
 
Um educador motivado pela vocação, forma alunos motivados pelo senso de organização.
 

Um bom docente, tem no seu ânimo, fonte de motivação para todos...

Os professores estão sempre se perguntando sobre o que devem fazer para que os alunos realmente aprendam.
 
Segundo o dicionário Silveira Bueno, motivação quer dizer exposição de motivos ou causas; animação; entusiasmo. Através dessas definições, pode-se constatar que estar motivado é estar animado, entusiasmado. Para isso, é necessário ter motivos para se chegar a esse estado.
 
Qualquer coisa que se faça na vida, é necessário primeiro a vontade de realizá-la, senão nada acontece. Isso também ocorre na educação. Educação requer Ação e como resultado dessa ação, há o APRENDIZADO. Mas para que se realize a ação e esta resulte no aprendizado é necessário, inicialmente, que haja a VONTADE, nesse caso, a vontade de aprender. O professor deve descobrir estratégias, recursos para fazer com que o aluno queira aprender, em outras palavras, deve fornecer estímulos para que o aluno se sinta motivado a aprender. Como por exemplo:
  • Dar tratamento igual a todos os alunos;

  • Aproveitar as vivências que o aluno já tem e traz para a escola no momento de montar o currículo, incluir temas que tenham relação, isto é, estejam ligados à realidade do aluno, a sua história de vida, respeitando a sua vida social, familiar;

  • Mostrar-se disponível para o aluno, ou seja, mostrar que ele pode contar sempre com o professor;

  • Ser paciente e compreensivo com o aluno;

  •  Procurar elevar a auto-estima do aluno, respeitando-o e valorizando-o;

  • Utilizar métodos e estratégias variadas e propostas de atividades desafiadoras;
 
  • Mostrar-se aberto e afetivo para e com o aluno;
     
     
  • "Acolher" realmente o aluno;
     
     
  • Dar carinho e limites na medida certa e no momento adequado;
     
     
  • Manter sempre um bom relacionamento com o aluno, e consequentemente, um clima de harmonia;
     
     
  • Fazer de cada aula um momento de real reflexão;
     
     
  • Ter expectativas positivas acerca do aluno;
     
     
  • Saber ouvir o aluno;
     
     
  • Não ridicularizá-lo jamais;
     
     
  • Amar muito o que faz, a sua profissão de professor;
     
     
  • Mostrar para o aluno que ele pode fazer a DIFERENÇA, isto é, que ele tem o seu lugar e o seu valor no mundo;
     
     
  • Perceber que ele, o professor, pode fazer a DIFERENÇA, para o aluno;
     
     
  • O professor deve ensinar o aluno a ser ético e crítico, mostrando a ele que a crítica é boa, desde que feita de maneira adequada e que a ética é fundamental em qualquer relacionamento humano, em qualquer ambiente: Familiar, Social, Escolar, entre outros.



                 Fonte - http://sitededicas.ne10.uol.com.br/art_motivacao.htm